PORQUE O BRASIL PRECISA ADOTAR O SISTEMA INER “LIXO ZERO SOCIAL 10”

Atualizado: 5 de Mai de 2019

PARA SALVAR O MEIO AMBIENTE E MELHORAR A

SAÚDE DA POPULAÇÃO


O Governo Federal tem vindo a público nesses últimos dias para falar sobre a preocupação cada vez maior, pela comprovada degradação do Meio Ambiente. Nas redes sociais, postagens da população se multiplicam na tentativa de darem solução, mas se revelam muito pequenas e isoladas, muito aquém da necessidade. Na verdade, há um despertar maior a cada dia, a consciência ambiental aumenta; a sociedade se mobiliza para ajudar e cobra o Governo.

No Brasil, sabe-se, a questão central é a destinação correta dos Resíduos Sólidos (Lixo). Mesmo com a publicação do PNRS – Lei 12305/2010, muitos Estados e Municípios não tem um Plano pronto, e aqueles que já tem, o trabalho tem se mostrado ineficaz e tentam driblar a Lei com abertura e sustentação de aterros sanitários. Inclusive, os estados e municípios seguiram em carreata há poucos dias atrás até Brasília, pedindo ao Congresso Nacional mais prazo e mais verba para continuarem na contramão da própria Lei dos Resíduos Sólidos. Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente, no dia 15/04, ao participar do Seminário Internacional realizado em São Paulo, disse: “... A ideia de postergar, de maneira generalizada, o atingimento de meta do fechamento de lixões é um grande desserviço para o Brasil.”


http://tribunaonline.com.br/adiar-fechamento-de-lixoes-e-desservico-diz-ministro-do-meio-ambiente


- “Parece não haver interesse nem com a Saúde e nem com o Meio Ambiente, e tudo que buscam é mais verba federai, sem a contrapartida de entrega de Políticas Públicas viáveis e eficientes“, ouvimos essa semana de um ambientalista, após reportagens feita pela Rede Globo, nas edição do JN e do Globo News de 27/04.


http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/t/videos/v/media-de-reciclagem-nas-capitais-brasileiras-e-de-258-diz-relatorio/7574231/?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=gnews&utm_content=post


E três dias após essa reportagens, com pouco mais de 100 dias de Governo, em 30/04/19, o Ministério do Meio Ambiente lançou a Fase 2 da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana, denominada Programa Nacional LIXÃO ZERO. A tentativa é de “... melhorar a qualidade ambiental das cidades“.


Dr. Jomateleno dos Santos Teixera Presidente o Grupo Iner - Tânia Lopes de Souza da Silva – Diretora do Sindetap - Wagner Miranda A. da Silva – Presidente do Sindetap Paraná - Ocimar F .da Silva – Presidente do Elo Social Paraná

O destaque desse Programa é que o Governo Federal dessa vez conclama a Sociedade em Geral para a busca conjunta de solução e traz em seu texto: -“... Além do Poder Público, o setor Privado também deve se tornar parceiro, principalmente devido à sua grande responsabilidade em relação à logística...”; e ainda: “... Com o programa, vamos apoiar os municípios a adotarem práticas adequadas de destinação do lixo, vamos trazer a iniciativa privada com suas experiências em logística reversa...” (www.mma.gov.br).



Dr. Jomateleno dos Santos Teixeira - Presidente do Grupo Iner

O destaque desse Programa é que o Governo Federal dessa vez conclama a Sociedade em Geral para a busca conjunta de solução e traz em seu texto: -“... Além do Poder Público, o setor Privado também deve se tornar parceiro, principalmente devido à sua grande responsabilidade em relação à logística...”; e ainda: “... Com o programa, vamos apoiar os municípios a adotarem práticas adequadas de destinação do lixo, vamos trazer a iniciativa privada com suas experiências em logística reversa...” (www.mma.gov.br).



E, acrescenta: “- O Programa SISTEMA INER “LIXO ZERO SOCIAL 10” já é de conhecimento de todo Governo desde início de 2019, e em março desse ano foram feitas também audiências em vários Ministérios em Brasília para detalhamento de nosso Projeto. Nesse lançamento feito pelo Governo em 30/04, tivemos oportunidade de entregar pessoalmente ao Ministro Ricardo Sales uma cópia do Oficio do Presidente Jair Bolsonaro enviado ao próprio Ministro, dando ciência de nossa solução e pedindo agendamento de uma reunião conosco”. E finaliza: “– Estamos no aguardo dessa reunião, com expectativa de alinharmos nossas soluções em prol de um Brasil melhor para tudo e para todos!“.


Paulécio Alves, Presidente Estadual da Federação do Elo Social Alagoas, com quem conversamos hoje, nos contou: “Já temos possíveis compradores para as Usinas INERno Estado. Já fizemos várias reuniões com alguns empresários e investidores nesse ano e estamos em fase de negociação para fechamento de contratos. E finaliza: “- Ainda nesse ano Alagoas terá uma solução definitiva para esses problemas. Só no Estado de Alagoas serão instaladas cerca de 30 Usinas (CTT´s e CTF´s), além de outras instalações como SINDETAP, COOPERINER, DESMACHECAR e mais 30 Prédios Sociais, que abrigarão os Diretores Regionais da Federação do Elo Social Alagoas – cerca de 200 em todo Estado, já empossados desde 2017. Para conhecerem os detalhes, acessem nosso site estadual: www.elosocialal.org

No Brasil, a Confederação do Elo Social hoje é a maior ONG, conta com aproximadamente 10.000 (dez mil) diretores.


Estes diretores irão atuar em prédios estaduais, seccionais e regionais para atendimento as famílias locais.


Cada prédio terá 07 (sete) diretores, sendo 04 (quarto) diretores com formação universitária específica em direito, bacharel em direito, psicologia e serviço social, para ocuparem os cargos de advogado, delegado social, psicólogo, assistente social, e outras 03 (três) formações multidiciplinar para ocuparem os cargos de diretor de saúde, diretor de educação e diretor de socialização e ressocialização.


São aproximadamente 1500 (mil e quinhentos) diretores em cada formação espalhados pelo Brasil no Programa Iner de Resíduos Sólidos, “Lixo Zero Social 10”.


Após o início das construções dos prédios sociais serão contratadas às pessoas para trabalharem nos cargos operacionais como segurança, portaria, limpeza, recepção e secretaria, gerando cerca de trezentos mil empregos diretos em todo o Brasil, com registros CLT e todos os benefícios de uma grande empresa.


Com as construções das usinas para o beneficiamento do lixo, crematório de animais e incineração do lixo hospitalar e a criação das cooperativas (29 cooperativas Cooperiner), mais empregos serão gerados.


Somando-se a tudo isso serão ministrados cursos de cidadania (direitos e deveres perante o governo e a sociedade), cursos de qualificação profissional, e relacionamento interpessoal.


Espera-se com isso mudar a consciência da população em 4 anos com o poder da multiplicação, pois, cada pessoa envolvida elevando o seu conhecimento e comentando com outras, alcançaremos o maior número da população nesse espaço/tempo.


Com a destinação correta do lixo através da conscientização de todos, preservaremos as cidades, os rios e mares gerando melhor qualidade de vida e saúde para as pessoas e para o planeta.


A Federação do Elo Social Paraná é composta:


1 Diretoria Estadual 7 diretores.

Curitiba 10 regionais e 1 seccional. 77 diretores.

Metropolitana São José dos Pinhais 15 regionais e 1 seccional. 112 diretores.

Nordeste Ponta Grossa 16 regionais e 1 seccional. 119 diretores.

Norte 1 Campo Mourão 16 regionais e 1 seccional. 119 diretores.

Norte 2 Londrina 12 regionais e 1 seccional. 91 diretores

Oeste Cascavel 19 regionais e 1 seccional. 140 diretores.


88 regionais, 616 diretores.

06 seccionais 42 diretores.

Estadual 7 diretores.


No Paraná são 665 (Seiscentos e sessenta e cinco) diretores da Confederação do Elo Social.


www.elosocialpr.org/diretoria .


Comprometimento Social


A cada Usina tipo CTT comercializada, está incluída a construção de um prédio social a ser entregue totalmente mobiliado e aparelhado, para a Futura Fundação Jomateleno que nele implantará o programa denominado 'Social do Cidadão' www.socialdocidadao.org.br a ser gerido pela Confederação do Elo Social Brasil.


Precisamos de pessoas comprometidas, que realmente querem fazer a diferença através do amor, da solidariedade, para mudar esta realidade.


“Se continuarmos pensando o mesmo, continuaremos tendo o mesmo”.

Ocimar da Silva – Diretor-Presidente do Elo Social Paraná

O Meio Ambiente agradece e nós também!


Fonte: Texto elaborado por Heloísa Souza e revisado por Paulécio Alves.


Edição: Ocimar da Silva - diretor web Paraná

115 visualizações1 comentário

Diretoria de Implantação de Projeto:

Rua Cecília Bonilha nº 145, São Paulo - Capital - (Sede Própria) Telefone: +55 (11) 3991-9919 Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"Movimento Passando o Brasil a Limpo"