Brasil, uma riqueza de valores a serem restabelecidos - Fala Diretor Cleverson Augusto Pereira


Diz-se que o problema do Brasil são os brasileiros, mas sinceramente eu discordo dessa afirmação, sendo que para mim o problema está em alguns ‘vermes’ que se dizem brasileiros. O Brasil é um país maravilhoso e super promissor, que tem sua população composta por brasileiros de lindos corações, mas que infelizmente, são ofuscados, ou encobertos pelos que deturpam a moral, os valores e consequentemente a imagem deste país.

Mas vamos falar então, onde estão estes ‘vermes’. Estão nas pessoas que só vivem por interesse próprio, que só tiram vantagem das situações, que se aproveitam dos outros, inclusive da ingenuidade ou bondade alheia; está no amigo que só é amigo enquanto tem um interesse ou vantagem; está no aluno que não vai à escola para estudar mas sim para rever os colegas e aprontar; no professor que ao invés de se preocupar em ensinar o aluno sobre o conteúdo e a pensar por si mesmo, preocupa-se em militar e fazer política; também no professor que não valoriza o seu papel de educador na vida dos alunos, e sim, só o seu salário no final do mês (triste momento em que ser mestre deixou de ser vocação para ser ocupação); e naquele professor que se preocupa mais com seu sindicato e sua greve ao invés de sua didática, de saber se o aluno está ou não aprendendo e o porquê; está nos atendimentos sociais, da saúde e educacionais, que ao invés de ser humanizados são industrializados, mecanizados, contabilizados; está no médico que só pensa em sua carreira, salário e atendimentos particulares, ao invés de pensar nas vidas envolvidas, seja pelo SUS (Sistema Único de Saúde), SAS (Sistema de Assistência a Saúde) ou em qualquer ambiente e situação em que exerça ou possa exercer aquilo que deveria ser a sua vocação, que é a medicina; está no político que só age por politicagem (no mal, na verdade, péssimo sentido da palavra), que ao invés de se preocupar com a população pensa só nos seus interesses, no seu grupo e na reeleição; está no atendente da saúde que marca uma consulta para um amigo enquanto a nega a outro cidadão; está naquele que dá ou pede pra dar um ‘jeitinho’ (que nada mais é do que crime, corrupção, anti ética); está em cada pessoa que não sabe valorizar o próximo, respeitá-lo e tratá-lo como um igual que somos. Enfim, está em cada um que age, pensa ou ainda que se omite, conduzido pelo desvio dos valores éticos e morais.

Por esses e outros motivos, é que aposto, confio e trabalho pela concretização do Elo Social, na busca de restabelecer ou criar condições para que sejam alicerçados princípios e valores que conduzam a sociedade a se ‘desverminar’.


Avante!





AUTOR: Cleverson Augusto Pereira

Diretor de Educação do Elo Social Laranjeiras do Sul e Diretor WebPR

(Bacharel em Administração e Especialista em Gestão da Informação e do Conhecimento).






O presente artigo trata-se de opinião pessoal do autor.


123 visualizações2 comentários

Diretoria de Implantação de Projeto:

Rua Cecília Bonilha nº 145, São Paulo - Capital - (Sede Própria) Telefone: +55 (11) 3991-9919 Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"Movimento Passando o Brasil a Limpo"