A RECICLAGEM E A CIDADANIA


A estorinha de que os catadores de matérias reutilizáveis e recicláveis desempenham papel fundamental na implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), continua sendo interessante apenas para um pequeno grupo de exploradores.


O que precisamos dar em primeiro lugar ao catador é uma profissão digna, condições de ganhos de acordo com a lei e todos os direitos que merecem os trabalhadores e não “bolsa isto, bolsa aquilo” que todos sabemos ser apenas manobras eleitoreiras.


O sistema INER chegou para ficar e não tem o objetivo de acabar com os catadores, apenas ajuda-los a evoluir para profissionais do ramo de decoração, tapeçaria e restauração de moveis.


Isto não seria possível se não tivéssemos uma parceria com o SINETAP – Sindicato Nacional do Decoradores e Tapeceiros – encarregado de dar estes cursos.


Todos sabem que a atuação dos catadores é realizada sob condições precárias, no entanto tudo que oferecem são bolsas, e de uma certa forma fazem de tudo para que esta escravidão se perpetue.


Estão sendo infelizes em todas as tentativas realizadas com o objetivo de atrapalhar ou retardar a implantação do Sistema INER de Resíduos Sólidos, pois o sistema avança dia a dia em todo o território nacional.


Você que é catador individual ou que trabalha em uma cooperativa na qual só os “donos” ganham dinheiro e você não ganha nada, não perca esta oportunidade de saber mais sobre nós acessando o link a seguir:


https://www.grupoiner.com.br/post/sistema-iner-de-res%C3%ADduos-s%C3%B3lidos-continua-avan%C3%A7ando


Federação do Elo Social Paraná

Edição e revisão: Ocimar da Silva / diretor-presidente do Elo Social Paraná e diretor responsável pelo Portal da Web Paraná


Fonte: Cooperiner

7 visualizações

Diretoria de Implantação de Projeto:

Rua Cecília Bonilha nº 145, São Paulo - Capital - (Sede Própria) Telefone: +55 (11) 3991-9919 Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"Movimento Passando o Brasil a Limpo"